Monark e a liberdade de expressão

Monark

O Monark se expressou extremamente mal, mas chamá-lo de naz1st@ seria um grave equívoco.

O podcaster se utilizou do pior exemplo para defender um conceito filosófico e político muito conhecido no seio libertário que é a “liberdade de expressão irrestrita”.

De qualquer forma ele aprendeu da pior forma que isso não existe em nenhum lugar do mundo e em nenhuma época.

Eduardo Ribeiro
Morador de Itaquaquecetuba, atuei na área de cursos profissionalizantes de 2009 à 2020. Bacharel em Ciência da Computação e pós-graduado em Direito Público. Fã de tecnologia, educação e política. Fui candidato a vereador em Itaquaquecetuba nas eleições de 2020 pelo DEM.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: