Google e Facebook fecham o cerco contra a liberdade

O Grande Irmão

O livro “1984” de George Orwell se passa numa sociedade distópica, onde há um poder central, presente em praticamente todas as casas, ele sabe tudo o que você fala, conhece suas ações e, de alguma forma, até os seus pensamentos. Ele dita ordens e basicamente a sociedade se acostumou com esse estilo de vida sem liberdade.

Nos dias de hoje podemos fazer um paralelo com o governo, no entanto nem o governo é tão onipresente quanto duas gigantes tecnológicas que colocamos em nossas casas de muito bom grado, o Google e o Facebook.

Após vários indícios de que essas empresas escutam nossas conversas para enviar propaganda e, além disso, o Google e o Facebook vem fechando o cerco em diversos aspectos para controlar cada vez mais a massa que dela faz parte.

Há pouco mais de dez anos, a internet era bastante descentralizada, havia o MSN da Microsoft, o orkut, do Google (até então com elevados níveis de liberdade), havia o IRC, havia centenas de fóruns usando várias plataformas como phpBB2, Invision Power Board (IPB), vBulletin e tantas outras tecnologias que descentralizavam a informação.

Essas tecnologias, com o passar do tempo, foram morrendo ou perdendo força em detrimento da centralização que o Google e o Facebook fizeram nesses últimos dez anos, uma com o buscador, o Youtube, o Gmail e todos os outros agregados e o Facebook com sua rede social.

Os bloqueios no Facebook, desde alguns anos, são constantes, principalmente com páginas e perfis que defendam conteúdos que a plataforma, assumidamente progressista, não compartilham. Há um sem número de casos de páginas que foram deletadas sumariamente do ar sem nem mesmo um aviso prévio como aconteceu com o MBL em 2018.

A partir do próximo dia 10 de dezembro, o Youtube pode banir canais que usam o AdBlock para frear o excesso de propagandas da plataforma. A idéia da plataforma é descartar perfis que não são viáveis economicamente pra ela.

De certo modo, havia uma liberdade razoável nessas plataformas quando começaram, mas, a medida em que elas passaram a atingir cada vez mais pessoas ela começaram a fechar o cerco. De certo modo elas podem fazer isso pois são basicamente em monopólio em suas respectivas áreas de atuação.

Por mais que essas plataformas sejam privadas e ninguém seja obrigado a usá-las, tornou-se uma necessidade social fazer parte delas e não há, por enquanto, nenhuma plataforma que ameace a hegemonia conquistada por esses gigantes nos últimos anos. Resta agora se adequar a novilíngua ou ficar fora do ambiente social digital do século XXI.

Itaquá no escuro, criminalidade pode aumentar

Escuridão

Segundo um artigo publicado pela Folha de S.Paulo foi feito um experimento com relação à iluminação pública e foi constatado que houve uma redução de 36% da criminalidade em relação a áreas iluminadas da cidade.

Por mais que essa seja apenas uma das variáveis relacionadas a segurança pública, ter a rua iluminada é um fator fundamental para evitar assaltos e estupros. Ninguém está seguro, ao sair para ir a um culto à noite, você pode ser surpreendido.

Estive acompanhando um caso específico de uma simples troca de lâmpada na cidade e conversando com algumas pessoas pude perceber que é um problema bem pior que imaginava dentro da cidade.

A prefeitura disponibilizou um aplicativo chamado “Luz da Cidade”, onde você coloca seus dados e faz o pedido de manutenção que pode ser uma lâmpada queimada, lâmpada piscando, lâmpada acesa durante o dia entre outras ocorrências.

Moradores do Jd. Nova Itaquá abriram um protocolo há cerca de dois meses e além de não ter sido atendido, o protocolo menciona, fazendo a consulta no app, que o problema foi consertado, no entanto, nenhum caminhão de manutenção sequer passou na rua para resolver o problema.

Mais três novos protocolos foram abertos por outros moradores e até o momento o problema não foi solucionado. Há casos similares em diversos outros bairros, Caiuby, Vila Virgínia, Jd. Itapuã, Vila Japão, Pequeno Coração e outros.

Entrei em contato com o secretário de Finanças, o Sr. William Harada, que ficou de resolver a situação, mas, no momento nenhuma atitude foi tomada. O que parece, neste momento de pré-campanha política, é que apenas os aliados do atual prefeito, o Sr. Mamoru Nakashima, estão sendo atendidos.

Já que a responsabilidade é da prefeitura e todos nós deveríamos estar seguros em nossas casas, é direito do cidadão ter a sua rua iluminada, ainda mais que todos pagamos o IPTU e todos os demais impostos que abastecem os cofres da prefeitura de Itaquaquecetuba.

E você, está passando por algo parecido no seu bairro? Se estiver fale comigo e vamos tomar alguma providência juntos.

Um grande abraço.

O Google e o Facebook te espionam?

Espionagem

Você provavelmente sabe que tudo o que você faz no celular ou na web é usado para enviar propaganda personalizada para você, certo? Mas e se o Google e o Facebook ouvisse as conversas entre você e seus familiares em conversas privadas, por exemplo, na sala da sua casa, você permitiria?

Com relação aos textos, por exemplo, você faz uma busca por “placa de vídeo” e em instantes começa a pipocar propaganda de placas de vídeo no Facebook, Mercado Livre, Google, Youtube e outras plataformas. Essa é uma técnica já em uso há muitos anos que usa os cookies do navegador para observar o seu comportamento.

Mas nos últimos tempos tem-se notado também, e surgiu uma enorme polêmica a partir daí, que o celular também “te escuta” para enviar propaganda direcionada, além do fato das suas conversas privadas também serem rastreadas em aplicativos como o Instagram, para o envio de propagandas, o áudio é captado em algumas ocasiões para a mesma finalidade. Seria isso mesmo?

Há uma enorme polêmica em conta disso, por exemplo, você tendo uma conversa com algum amigo ou familiar em casa e o celular ouvindo o que vocês estão falando para enviar propaganda também.

Você já parou para pensar nisso? Já teve alguma experiência do gênero?

Curta o meu canal no Youtube.

Muro de Berlim, a prova do fracasso do socialismo

Muro de Berlim

Neste sábado (9) celebra-se os 30 anos da queda do muro de Berlim, o muro da vergonha, um dos episódios mais lamentáveis da história da humanidade.

A barreira física, usada para dividir a Alemanha do pós-guerra entre capitalistas e comunistas gerou uma imensa desigualdade entre dois lados de uma mesma nação. Uma rica e próspera, a capitalista, uma miserável e sem liberdade, a comunista.

Ainda hoje os efeitos da separação são sentidas em Berlim, o lado oriental da cidade, que abrigava a parte da União Soviética ainda hoje é mais pobre do que o lado que ficou sob tutela dos Estados Unidos.

O conceito do muro é similar as divisões entre socialistas e capitalistas que existe ainda hoje. Quem na Coréia do Norte tenta fugir para a Coréia do Sul é morto, quem em Cuba tenta fugir para Miami, nos EUA, ou morre ou corre um risco enorme de ter a vida ceifada pela polícia do regime, o mesmo ocorria com quem tentava deixar o lado comunista de Berlim para o lado capitalismo, mesmo que fosse para rever parentes, era fuzilado pelos soviéticos.

A queda do muro de Berlim foi a síntese do que precisamos derrubar diariamente em todas as discussões políticas, um mal imenso ao mundo que parece não querer cair, o socialismo.

Senadora Kátia Abreu vota contra decreto mas confessa uso de arma

Kátia Abreu

A Senadora Kátia Abreu é o assunto do momento nesta quinta-feira (20), está nos Trending Topics do Twitter, após viralizar um vídeo em que ela confessa ter feito uso de arma de fogo durante longos anos para proteger a família e propriedade enquanto morava em propriedade rural.

O assunto viralizou após a votação do decreto de armas de fogo no Senado Federal, Kátia Abreu votou contra o decreto com um discurso completamente aposto ao que faz no vídeo da entrevista a Globo News.

Chamou a atenção também nesta semana uma declaração do presidente do Senado Davi Alcolumbre em que ele afirma que será disponibilizado escolta armada para todo senador que se sentir ameaçado após votar contra o decreto de armas do presidente Bolsonaro.

É um show de hipocrisia.

Gigante Escola promove live sobre profissões

Amanhã, dia 29 de março, a Gigante Escola irá promover uma live chamada Como escolher sua profissão após o ensino médio. A live será apresentada pelos professores Eduardo Ribeiro e Clarice Fernandes e pela orientadora vocacional Gabriella Ramos.

A live será um bate-papo aberto ao público e ao vivo com os seguidores e alunos da escola com o intuito de orientar os jovens recém saídos do ensino médio a se qualificar de forma apropriada e também a definir um rumo para carreira.

Haverá um teste vocacional com resultado rápido para o jovem ter uma noção, ainda que básica, da área de profissões que ele mais se adequa no momento.

Também haverá o cadastro para bolsas de estudo gratuitas para curso presencial em Itaquaquecetuba para estudar na Gigante Escola nos cursos Fundamentos de Marketing, Fundamentos de Logística e Jovem Aprendiz.

Será na sexta-feira, dia 29 de março ao meio dia na página da Gigante Escola no Facebook. Não perca.

Michel Temer deixa a prisão

O ex-presidente Michel Temer deixou a prisão nesta segunda-feira (25) após passar quatro dias encarceirado na Superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro. O ex-presidente havia sido preso na última quinta-feira (21) pela força-tarefa da Operação Lava Jato do Rio de Janeiro.

Michel Temer recebeu uma concessão de habeas corpus do desembargador Antonio Ivan Athié do TRF-2.

O ex-presidente ganha a liberdade e também uma ordem de bloqueio de R$ 62,6 milhões pela Operação Lava Jato.

Além de Temer outros sete suspeitos também foram liberados: Moreira Franco, João Baptista Lima Filho, Carlos Gallo, Maria Rita Fratezi, Vanderlei de Natale, Carlos Alberto Costa e Carlos Alberto Costa Filho.

Cesare Battisti confessa quatro assassinatos

O terrorista italiano Cesare Battisti que passou décadas exilado no Brasil confessou nesta segunda-feira (25) participação no assassinato de quatro pessoas na década de 70 enquanto integrava o PAC, Proletários Armados pelo Comunismo.

Battisti confessou os crimes perante o coordenador do orgão antiterrorismo do Ministério Público de Milão. Cesare Battisti foi extraditado à Itália em janeiro após ser localizado na Bolívia. Com receio de que o STF brasileiro impedisse o deslocamento ao país natal, a Itália fechou um acordo com a Bolívia para enviar o terrorista diretamente à Europa sem passar pelo Brasil.

Battisti era considerado exilado político no Brasil e tinha proteção do ex-presidente Lula e da ex-presidente Dilma Rousseff, além de proximidade com a grande maioria dos líderes de esquerda do Brasil.

Grafiteiro homenageia vítimas de Suzano

O grafiteiro Francisco Kleison pintou nesta segunda-feira (25) nas paredes do colégio Raul Brasil, em Suzano, o rosto de todas as vítimas do massacre ocorrido no colégio no dia 13 de março. Ele é morador da cidade de Santos, no litoral paulista e viajou à cidade para prestar homenagem.

Confira as fotos.

Obrigado, Francisco Kleison, pela belíssima homenagem.