Itaquá no escuro, criminalidade pode aumentar

Escuridão

Segundo um artigo publicado pela Folha de S.Paulo foi feito um experimento com relação à iluminação pública e foi constatado que houve uma redução de 36% da criminalidade em relação a áreas iluminadas da cidade.

Por mais que essa seja apenas uma das variáveis relacionadas a segurança pública, ter a rua iluminada é um fator fundamental para evitar assaltos e estupros. Ninguém está seguro, ao sair para ir a um culto à noite, você pode ser surpreendido.

Estive acompanhando um caso específico de uma simples troca de lâmpada na cidade e conversando com algumas pessoas pude perceber que é um problema bem pior que imaginava dentro da cidade.

A prefeitura disponibilizou um aplicativo chamado “Luz da Cidade”, onde você coloca seus dados e faz o pedido de manutenção que pode ser uma lâmpada queimada, lâmpada piscando, lâmpada acesa durante o dia entre outras ocorrências.

Moradores do Jd. Nova Itaquá abriram um protocolo há cerca de dois meses e além de não ter sido atendido, o protocolo menciona, fazendo a consulta no app, que o problema foi consertado, no entanto, nenhum caminhão de manutenção sequer passou na rua para resolver o problema.

Mais três novos protocolos foram abertos por outros moradores e até o momento o problema não foi solucionado. Há casos similares em diversos outros bairros, Caiuby, Vila Virgínia, Jd. Itapuã, Vila Japão, Pequeno Coração e outros.

Entrei em contato com o secretário de Finanças, o Sr. William Harada, que ficou de resolver a situação, mas, no momento nenhuma atitude foi tomada. O que parece, neste momento de pré-campanha política, é que apenas os aliados do atual prefeito, o Sr. Mamoru Nakashima, estão sendo atendidos.

Já que a responsabilidade é da prefeitura e todos nós deveríamos estar seguros em nossas casas, é direito do cidadão ter a sua rua iluminada, ainda mais que todos pagamos o IPTU e todos os demais impostos que abastecem os cofres da prefeitura de Itaquaquecetuba.

E você, está passando por algo parecido no seu bairro? Se estiver fale comigo e vamos tomar alguma providência juntos.

Um grande abraço.

Eduardo Ribeiro
Eduardo Ribeiro é professor na Gigante Escola em Itaquaquecetuba. É fã de tecnologia e nas horas vagas acompanha o mundo político. Escreve neste blog principalmente sobre educação.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: